menu
arrow_back

Como usar o Kubernetes Engine para implantar aplicativos com discos permanentes regionais

Como usar o Kubernetes Engine para implantar aplicativos com discos permanentes regionais

1 hora 7 créditos

GSP200

Laboratórios autoguiados do Google Cloud

Visão geral

Neste laboratório, você aprenderá a configurar um aplicativo altamente disponível implantando o WordPress com discos permanentes regionais no Kubernetes Engine. Os discos permanentes regionais usam a replicação síncrona entre duas zonas, o que mantém seu aplicativo em execução no caso de interrupção ou falha em uma zona individual. A implantação de um cluster do Kubernetes Engine com discos permanentes regionais tornará seu aplicativo mais estável, seguro e confiável.

app_view.png

Atividades deste laboratório

  • Criar um cluster regional do Kubernetes Engine
  • Criar um recurso StorageClass do Kubernetes configurado para zonas replicadas
  • Implantar o WordPress com um disco regional que use StorageClass
  • Simular uma falha de zona excluindo um nó
  • Verificar se o aplicativo e os dados do WordPress migram corretamente para outra zona replicada

Pré-requisitos

Este laboratório é avançado. Para realizá-lo, você precisa ter ao menos conhecimentos básicos sobre Kubernetes e WordPress. Veja alguns Qwiklabs para você se preparar:

Quando terminar sua preparação, role a tela para baixo e configure o ambiente do laboratório.

Participe do Qwiklabs para ler o restante deste laboratório e muito mais!

  • Receber acesso temporário a Console do Google Cloud.
  • Mais de 200 laboratórios, do nível iniciante ao avançado.
  • Tamanho compacto para que você possa aprender no seu próprio ritmo.
Participe para iniciar este laboratório